Buscar
  • Ferraro Junior, N.

17 Dicas para se tornar menos hostíl



1- Admita a um amigo (ou objeto amoroso) que seu nível de hostilidade é muito alto e deixe que ele saiba que você está tentando reduzi-lo;

2- Quando pensamentos críticos lhe vierem a mente, grite "PARE" (em silêncio se estiver em público);

3- Tente convencer a si mesmo a não ter mais raiva. Racionalize consigo mesmo;

4- Distraía-se quando estiver ficando zangado. Por exemplo: leia uma revista quando estiver esperando na fila do supermercado ou do banco;

5- Obrigue-se a ficar quieto e ouvir quando outras pessoas estão falando;

6- Aprenda a mediar e use essa habilidade sempre que identificar pensamentos cínicos ou sentimentos de raiva;

7- Tente ser mais compreensivo com a situação difícil que outras pessoas estão enfrentando;

8- Quando alguém está realmente ofendendo você, aprenda a ser efetivamente afirmativo, em lugar de reagir violentamente;

9- Procure aumentar sua conexão com as outras pessoas, contrariando a tendência das pessoas hostis de afastar o apoio social;

10- Quando as pessoas lhe fizerem mal, perdoe-as;

11- Cultive amigos no trabalho ou no seu grupo religioso;

12- Ofereça-se para ajudar as pessoas menos afortunadas que você;

13- Aprenda a rir de suas tendências hostis;

14- Faça exercícios regularmente;

15- Tenha um animal de estimação. Aparentemente, as pessoas que têm um animal de estimação vivem mais e são mais saudáveis, talvez porque os animais, especialmente os cães, sejam tão carinhosos e exijam tão pouco. Ao contrário das pessoas, os animais dão muito mais do que recebem;

16- Aprenda mais sobre os ensinamentos essenciais da religião (ou filosofia) que você escolheu: Um princípio central das principais religiões e filosofias do mundo é tratar os outros como gostaríamos de ser tratados.

17- Finja que esse dia é seu último dia. Suas tendências hostis entrarão em perspectiva.


Caso essas dicas lhe pareçam impossíveis de serem colocadas em práticas, procure um psicólogo, com toda a certeza, ele lhe ajudará a compreender os motivos de sua hostilidade e de quais são os passos para ajudar a aumentar seu nível e, consequentemente, aumentar sua capacidade de resiliência.


Referência:

GOLLEMAN, D. & GURIN, J. Equilíbrio Mente Corpo - Como usar sua mente para uma mente melhor, Editora Campus, 2º Edição, Rio de Janeiro, 1997. pg: 68, 69.)


18 visualizações

Marque sua consulta hoje

Estou aqui para te ajudar a resolver seus problemas